Significado de ‘jeitinho brasileiro’

Você sabe o significado de “jeitinho brasileiro”? Essa é uma expressão que caiu no dialeto popular que tem uma série de significados. Porém, nem todo mundo tem pleno conhecimento sobre os principais deles.

É bom destacar que a origem da expressão é objeto de estudo dos historiadores e cientistas. Isso porque esse “jeitinho brasileiro” tem influência direta no comportamento, eventos políticos e sociais que assistimos no Brasil.

Para descobrir todos os detalhes relacionados ao tema, fique de olho nesse artigo. Além do significado, você vai conseguir esclarecer muitas outras dúvidas. Lembrando que a pesquisa é a melhor forma de acumular conhecimento e conhecer as coisas.

O que é o ‘jeitinho brasileiro’?

A expressão “jeitinho brasileiro” é bastante usada no dialeto popular para designar uma forma peculiar que o brasileiro tem para resolver problemas e outras situações corriqueiras do dia a dia.

Ela também está vinculada à forma improvisada e muitas vezes informal que o brasileiro resolve situações problemáticas. A partir dessa ultima denominação, fica claro que o tal “jeitinho brasileiro” nem sempre é visto com bons olhos.

Na prática, algumas intervenções que os brasileiros fazem para conseguir algo do seu interesse usando de outras formas diferentes do conhecido dentro das leis e do que é tido como correto para a sociedade.

No mundo dos desenhos, esse modo de viver dos brasileiros é retratado no personagem fictício apelidado de Zé Carioca. Trata-se de um papagaio chamado José Carioca, desenvolvido no começo da década de 1940 pelos estúdios Walt Disney.

Origem do ‘jeitinho brasileiro’

Existem muitos estudos que tratam especificamente sobre o “jeitinho brasileiro”. Por esse ponto já pode ser visto o quanto a expressão é ampla. A partir de agora, você terá oportunidade de conhecer mais sobre a origem dessa expressão.

O artigo “O Jeitinho Brasileiro: Analisando suas Características e Influências nas Práticas Organizacionais”,  do Dr. Leonardo Flach, da Universidade Federal de Santa Catarina e publicado pela Revista Unifacs, a Universidade de Salvador, trata do tema.

Segundo o Dr. Flach, “a literatura acadêmica aborda o jeitinho brasileiro de forma polêmica, pois alguns autores o consideram uma atitude incorreta que denigre normas e leis, e outros o entendem como uma maneira criativa e inovadora de resolver determinados problemas, ou ainda como certa flexibilidade para se desprender das disfunções da burocracia”.

Por outro lado, o livro “O Que Faz o Brasil, Brasil?”, do antropólogo Roberto DaMatta, afirma que as próprias instituições nacionais fazem com que o “jeitinho brasileiro” ocorra. Isso porque, o Estado é coercitivo, principalmente pela realidade opressora e a formalidade excessiva que pesam sobre aspectos da vida cotidiana.

Outro autor que trata da questão é o famoso livro “Raízes do Brasil”, de Sérgio Buarque de Holanda. Para ele, o jeitinho brasileiro é fruto da cordialidade, que seria nada mais do que agir com o coração.

Os brasileiros teriam como comportamento dar mais ouvidos à emoção do que à razão. Além disso, por conta do contexto histórico do Brasil, os brasileiros teriam uma propensão a tudo o que é informal desde o tempo do Brasil Império.

Mais um livro que trata do jeitinho brasileiro é o da filósofa Fernanda Carlos Borges. Na obra da autora, “A filosofia do jeito – Um modo brasileiro de pensar com o corpo”, ela explica que no Brasil a cultura popular tem mais valor que as leis.

Exemplos do jeitinho brasileiro

A partir de tudo que já foi discutido no artigo, agora fica fácil exemplificar casos onde o “jeitinho brasileiro” é usado no dia a dia. Em muitos casos, isso vem sendo usado como uma prática tão corriqueira que já chega a figurar como saída para os problemas.

Carteirinha de estudante falsa

Todo mundo sabe que em alguns casos, os estudantes garantem meia entrada – pagam 50% do valor total – em cinemas, shows e outros eventos culturais. Nesses casos, o tal “jeitinho brasileiro” é comumente identificado.

Pessoas que não gozam desse benefício, no caso, não são estudantes, acabam encontrando uma forma para burlar as leis e garantem uma versão do documento. De certa forma, esse ato não está dentro da lei.

Esse é um exemplo claro de transgressão das regras que pessoas comuns costumam praticar e não acham que estão cometendo um crime. É um exemplo de jeitinho brasileiro de pagar menos.

Consumir pirataria

O consumo de pirataria é uma realidade que pode ser vista com certa frequência, não só nos grandes centros urbanos. CDs, DVDs, sinal de internet e até TV a cabo, esses são os principais produtos e serviços que são pirateados.

Nesses casos, o “jeitinho brasileiro” é identificado no consumo desses produtos e serviços. Entre os CDs e DVDs, o preço, muitas vezes elevados, faz com que a população use o jeitinho brasileiro para ter acesso aos produtos pirateados.

Já entre o sinal de internet e a TV a cabo o caso acontece de forma igual. As pessoas acabam pirateando o sinal para que a recepção seja feita de forma ilícita, ou seja, sem pagar diretamente a operadora responsável pelo oferecimento do produto.

Pagar propina

Um agente de trânsito ou fiscal da prefeitura encontra irregularidades no seu veículo ou no seu estabelecimento comercial, por exemplo. O que você faz? Paga a multa ou pensa logo em oferecer propina para ele fazer vistas grossas ao que está errado?

Notas de 100, 50 e 20
Pagar propina é um exemplo de ‘jeitinho brasileiro’ negativo (Foto: depositphotos)

Infelizmente, essa situação é bem comum e é um caso típico de jeitinho brasileiro praticado tanto pelo cidadão como pelo agente oficial. Dar dinheiro ao invés de pagar uma multa é ilegal e um ato de corrupção.

Lado negativo do jeitinho brasileiro

Pelos exemplos que foram citados anteriormente já deu para perceber que o jeitinho brasileiro não tem nada de positivo. Muitas vezes, essas atitudes são associadas a falta de educação, mau-caratismo e até corrupção.

Essa é uma forma com que as pessoas encontram para burlar as leis e enganar as pessoas. Nesses casos, atitudes que não fazem parte do que se espera em uma sociedade.

Lado positivo do jeitinho brasileiro

São poucos os exemplos, mas há uma interpretação positiva para o jeitinho brasileiro dentro da sociedade. Quando tomada essa interpretação, o fato passa a figurar como qualidade do brasileiro, se comparado a outras nações.

Para esses casos em específico, o jeitinho brasileiro é associado a uma forma leve, criativa, otimista e flexível de resolver as situações que aparecem no dia a dia. Nesse ponto entra a boa vontade em ajudar o próximo.

O ‘jeitinho brasileiro’ no dia a dia

Por tudo que foi explanado nesse artigo a respeito do jeitinho brasileiro já deu para perceber que, mesmo tendo mais vínculos com situações fora da lei, ele também está relacionado a coisas boas.

Porém, diferenciar entre uma e outra vai depender muito da atuação da pessoa. Talvez seja todas essas nuances que faz com que o jeitinho brasileiro seja tão estudado pelos autores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *