Significado de P.S.

P.S. é um sigla com um significado bem simples! Vem do latim post scriptum, que significa “escrito depois” em português. Normalmente é uma sigla usada em fim de cartas, textos e mensagens com o intuito de adicionar informações que não foram mencionadas no corpo textual.

Se você está aqui, com certeza deve ter visto a sigla em alguma lugar. De fato, ela é bem comum e usada há muito tempo. Seja em cartas pessoais ou mesmo documentos sérios e oficiais, o P.S. é muito usado.

É também um termo que alcançou as redes sociais. É comum que as pessoas usem o P.S. em mensagens trocadas em redes como Whatsapp, Telegram e Facebook.

Seu uso nasceu quase como uma correção. As pessoas escreviam as cartas a mão, mas era comum esquecerem de dar algum detalhe fundamental ou mesmo alguma informação. Para não ter que refazer o texto, elas adicionavam “P.S.” ao fim do texto com a informação em falta.

P.S. escrito
O termo foi representado no longa-metragem intitulado “P.S. I Love You” (Foto: depositphotos)

Um sinônimo do “P.S.” é a sigla “Obs.”, que significa “Observação”. Quando alguém coloca uma observação ao fim de um texto, ela quer dizer que virá uma informação importante ou complementar que não está no texto em si.

Exemplos do uso do P.S.

Para facilitar o seu entendimento, vou mostrar um exemplo da aplicação do P.S.. Não vou mostrar o exemplo de uma carta inteira, apenas um bilhete. Confira a aplicação do P.S.:

Filho, saí para comprar frutas na quitanda.

Assinado: Mamãe

P.S.: Tem café-da-manhã em cima da mesa da cozinha.

Viu como o uso do P.S. complementou o recado da mãe para o filho? Obviamente, o bilhete foi deixado com o objetivo de relatar o paradeiro da mãe. Ele cumpriu este objetivo, mas a autora ainda quis adicionar a informação sobre o café-da-manhã.

Veja outro exemplo abaixo:

O suspeito foi preso portando uma arma de fogo, drogas e estava claramente embriagado. Ele teria começado a briga com o suspeito número 2, que teria retribuído também com violência. Ambos foram encaminhados para a Delegacia de Plantão.

P.S.: O suspeito 1 portava 20 gramas de cocaína.

P.S. 2: O suspeito 2 não portava nenhum tipo de arma ou produto ilegal.

Nesta versão simplória e resumida de um boletim de ocorrência, se observa que o suspeito 1 foi levado até a delegacia com drogas. O P.S. foi usado para definir qual tipo e a quantidade de droga em questão. Esta é uma informação que não está no boletim, mas que vale a pena citar para complementar o conteúdo.

Você pode ver também que pode haver mais de um P.S.. Nesse caso, há um P.S. 2, que informa como se encontrava o suspeito 2. Também uma informação complementar.

Outros significados possíveis de P.S.

A sigla PS também é usada para definir e representar diversas coisas, além da explicação acima. Por exemplo, PS também é a sigla alemã usada para representar o elemento físico potência (pferdestärke).

As duas letras também são usadas como a abreviatura do nome dos consoles de videogames Playstation, da Sony. Tanto que as plataformas são conhecidas como PS1, PS2, PS3, etc.

PS pode significar também Pronto Socorro, em unidades de saúde e emergência no Brasil. Por fim, também podem se referir a Premium Service, um serviço especializado da companhia aérea United Airlines.

Filme “P.S. Eu Te Amo”

Por fim, a sigla P.S. ficou muito conhecida para muita gente após o lançamento do longa-metragem “P.S. I Love You” de 2007, baseado no best seller de  Cecelia Ahern. O filme ganhou o título “P.S. Eu Te Amo” no Brasil e é uma produção muito conhecida e bem avaliada.

Trata-se de um Drama/Romance de ficção que conta a história de Holly Kennedy, uma jovem feliz, bonita e satisfeita com a vida. Infelizmente, ela fica viúva muito cedo e entra em estado de choque. Contudo, antes de morrer, o seu marido deixou várias cartas assinadas sempre com “P.S. Eu te amo”.

Sendo assim, o roteiro se estrutura na preocupação da mãe e amigas de Holly em relação às cartas do falecido marido de Holly. Elas acreditam que os textos prendem Holly ao passado, mas não sabem que as cartas são fundamentais para aliviar a dor e guiar a protagonista na nova vida.

Significado de rave

Neste artigo vamos falar sobre qual é o significado de rave, quais as características e as origens desse tipo de festa que é famoso em todo o mundo.

Antes de mais nada é preciso saber que a palavra rave é um estrangeirismo. Ou seja, ela não existe nos dicionários de língua portuguesa. Dessa maneira, ela é uma palavra de origem inglesa que foi mesclada a características locais por conta do uso constante.

O estrangeirismo é tido como um vício de linguagem. Contudo, é usado geralmente em palavras e expressões que não possuem equivalentes quando traduzidas para o português.

Qual o significado de rave?

Rave é o nome dado a um tipo de festa de música eletrônica, que geralmente dura várias horas ou até mesmo dias. Esse tipo de festa conta com DJ’s, que controlam as músicas que serão tocadas.

Contudo, em algumas festas também é possível ter performances de artistas ao vivo. A palavra rave é um estrangeirismo. Ou seja, uma palavra da língua estrangeira que ganhou uso comum em português.

Festa rave
Esse tipo de festa costuma acontecer em locais afastados dos grandes centros urbanos (Foto: depositphotos)

A tradução dela é literalmente delírio e teria surgido por causa da animação dos jovens que frequentavam esses locais. O nome também pode ser derivado do consumo de drogas, que era bastante comum entre o público frequentador dos primeiros eventos do gênero.

Uma característica marcante das raves é que costumam ocorrer em locais afastados dos centros urbanos. Geralmente em festivais ao ar livre ou propriedades privadas. Elas podem ocorrer, no entanto, em casas de shows e até mesmo galpões que ficam em áreas mais comerciais das cidades.

O mais comum é que as festas durem toda a noite, mas não é incomum ocorrer festas que se estendam por vários dias. A música é quase sempre eletrônica e vários gêneros com as mesmas características.

Uma curiosidade é que as raves já foram proibidas em diversos países do mundo. A criação de leis anti-raves ocorreu por causa de denúncias de abuso de substâncias ilícitas pelos participantes.

Isso e o fato de algumas festas ocorrerem em locais que não possuíam autorização. Com isso, durante muito tempo foi criada toda uma atmosfera de pânico ao redor desses eventos. Com os seus participantes sendo tratados como pessoas perigosas.

História de como surgiram

As raves teriam surgido no início dos anos 50 em Londres, no Reino Unido. O termo rave começou a ser utilizado para festas que ocorriam no bairro do Soho.

Essas festas eram descritas como “selvagens e boêmias” e atraiam um grande público na época. Em geral, o público era formado pelos beatnik, que ficou muito popular entre os anos 50 e 60. Esses jovens eram amantes desse tipo de festas e do uso de diversas substâncias ilícitas.

Em meados dos anos 60, o termo passou a ser usado para definir a música produzida por bandas de garagem. Essas bandas eram ligadas ao cenário dos grupos frequentadores das festas que ocorriam no Soho.

A popularidade das raves caiu durante o final dos anos 60 e todos os anos 70. Voltando a ganhar destaque apenas quase duas décadas depois, em 1980, nos Estados Unidos. A volta de popularidade está ligada com o surgimento da música eletrônica, que é uma das características desses eventos ainda hoje.

No final dos anos 80 em Chicago, a maior cidade do estado de Illinois, nos Estados Unidos, surgiu a acid music. Esse foi um gênero musical que se tornou bastante famoso e surgiu nas famosas acid house music parties.

Essas eram festas ilegais, que ocorriam geralmente em locais abandonados ou galpões vazios. Por causa do sucesso, os artistas que tocavam nestas festas logo migraram para outros países.

Por causa disso há diversos registros de festas ilegais no estilo acid house ocorrendo em vários países da Europa. Os principais eram Reino Unido, Espanha, Itália, Grécia, Irlanda e Alemanha.

Sendo o público principal delas, jovens que estavam aproveitando a época de férias escolares ou da faculdade. Na década seguinte foram criadas políticas severas de repressão, com relatos de agressão aos participantes.

Principais características desse tipo de festa

As raves podem muitas vezes serem confundidas com festivais de música eletrônica. No entanto, elas possuem algumas características próprias, que foram sendo criadas ao longo do tempo.

A principal características das raves é a de quase sempre ocorrem em locais afastados das cidades. Para isso são alugados terrenos, galpões ou até mesmo chácaras, onde a festa é organizada.

Outro ponto marcante é que até hoje algumas festas acontecem em locais secretos. Estes locais permanecem anônimos até a noite da realização, quando os convidados são avisados por mensagens.

Contudo, também é possível encontrar raves comerciais atualmente. Nesse tipo, são cobrados ingressos e é geralmente liberado para o público em geral. Outro ponto importante dessas festas é o forte senso estético.

O uso mais comum é de elementos pagãos, com símbolos e imagens de deuses e altares servindo como uma forma de decoração. Como o estilo predominante de música é o eletrônico, as danças são livres e muitas vezes criadas durante o momento.

As roupas também são uma forte características das raves. Por isso os participantes costumam se vestir de maneira casual e com elementos pouco usáveis no dia a dia.

Essas festas são muito associadas ao consumo desenfreado de drogas ilícitas aliados ao consumo de álcool. Isso é uma característica que persiste desde o começo. Principalmente por causa do local onde estão inseridas.

No entanto, não é difícil encontrar festas atualmente que proíbem ou desencorajam o consumo desse tipo de substância. Por fim, é bastante comum também a presença de shows de lasers, que servem como entretenimento para os frequentadores.

Uma curiosidade é que esse tipo de festa é comum no Brasil, sendo Minas Gerais, o estado onde elas mais ocorrem.

Que tipo de música toca em raves?

O tipo de música mais tocada em festas raves é o eletrônico. Também chamado de e-music, esse gênero ganhou esse nome porque é feito com o uso de equipamentos e instrumentos eletrônicos. Fora isso, ainda é comum o auxílio de sintetizadores e softwares de edição de som.

Esse gênero é dividido em diversos outros estilos musicais. Os mais frequentes de tocarem em raves ao redor do mundo são o techno, acid house, trance e drum’n’bass.  

Palavra rave
Rave é uma palavra estrangeira que significa delírio (Foto: depositphotos)

Techno

O techno é um dos mais comuns e também é considerado “pesado”. Isso porque possui batidas mais secas e com quase nenhuma suavidade. Outra característica dele é a mistura de sirenes e diálogos recortados de filmes e séries. Esses elementos em conjunto emprestam um ar apocalíptico as músicas.

Acid house

Outro estilo bastante comum é o acid house. Ele é considerado um dos mais conhecidos e tocados no ambiente das raves. A principal característica desse estilo musical é que ele é fabricado em estúdios e usa instrumentos eletrônicos e programados.

A esses sons são mesclados elementos de músicas clássicas dos anos 60 e até mesmo diálogos e explosões. Sendo assim, ele foi criado para ser tocado em pistas de danças, já que faz uso de lasers para compor todo o cenário.

Trance

Fora os estilos citados, existem diversos outros que fazem sucesso em raves ao redor do mundo. Um dos principais estilos musicais e que é famoso no mundo das festas de música eletrônica é o trance. Sendo este considerado o mais popular e ouvido em todo o mundo. Até mesmo entre pessoas que não são frequentadoras deste tipo de festa.

Esse estilo nasceu nos anos 90 e possui partes melódicas, que são mescladas a batidas fortes, que são características de músicas eletrônicas. Em alguns casos são usados vocais. O que faz com que esse estilo de música seja industrial e progressivo, mas menos orgânico.

Drum’n’bass

Por último existe o drum’n’bass. Esse estilo surgiu entre o final dos anos 80 e início dos 90, na Inglaterra. Esse foi o período em que as festas começaram a se popularizar ao redor do mundo.

A tradução literal deste estilo é bateria e baixo. Isso porque estes são os instrumentos mais predominantes nas produções musicais. Possui geralmente batidas rápidas e incorpora diversos elementos de outros estilos musicais famosos.

História das raves no Brasil

Desde o final dos anos 80, as raves começaram a ganhar sucesso em todo o mundo. No Brasil, a primeira festa do gênero aconteceu em 1992, no estado de São Paulo. A festa apresentou um público tímido e foi organizada por DJ’s influentes no cenário musical da época. Essa primeira rave nacional foi batizada de Jeneration.

No entanto,o primeiro grande evento aconteceu apenas dois anos depois em Atibaia, no interior de São Paulo. Após isso, as raves ganharam destaque e começaram a surgir em diversos locais ainda naquele ano.

Atualmente o Brasil conta com diversas raves organizadas e que fazem parte do cenário cultural e musical do país. Mesmo assim, algumas cidades ainda possuem leis de proibição por conta de casos de mortes causadas pelo abuso de drogas.

Significado de metódico

Você sabe qual o significado de metódico? Essa é uma palavra amplamente usada para definir pessoas que se preocupam em seguir uma rotina, seja na parte de organização, vida pessoal ou até trabalho.

É comum que nem todo mundo conheça o significado propriamente dito da palavra. Porém, se você quer tirar dúvidas não só sobre esse ponto, mas sobre muitos outros relacionados a palavra, aqui é o lugar certo!

Nesse artigo você terá oportunidade de ampliar o seu vocabulário, vendo as tantas situações em que a palavra ‘metódico’ pode ser usada. Por isso, preste bastante atenção e, boa leitura.

O que é metódico

Metódico é uma palavra que se relaciona a pessoas que possuem um comportamento baseado em algum método ou roteiro previamente definido. A palavra também possui significado ligado a uma sequência ou ordem lógica.

Para uma pessoa ser identificada metódica, ela precisa ter um sendo crítico de organização bastante apurado. Justamente pelo fato de seguir uma rotina que não possui muita abertura para situações que fogem do planejamento.

Organograma
O metódico segue uma rotina pré-definida e não gosta de imprevistos (Foto: depositphotos)

Devido a essa preocupação com o que está planejado, a maioria das pessoas que se consideram ou são classificadas metódicas, são vistas como entediantes, chatas ou monótonas. Mas isso é relativo ao ponto de vista.

Por possuir qualidades negativas ligadas a ela, essas pessoas também sofrem certos tipos de preconceitos, principalmente quando se leva em consideração algumas situações em específico, onde o imediatismo fale mais alto.

O que é uma pessoa metódica

Por seguir um roteiro previamente definido, sem espaço para modificações repentinas, as pessoas metódicas são vistas como previsíveis. Elas costumam cumprir hábitos específicos para a realização de qualquer tarefa que seja.

Na rotina de uma pessoa metódica, cada passo meio que pode ser previsto, visto que, dificilmente ela vai se deixar levar por outras interferências. Essas pessoas são organizadas, compromissadas e pontuais.

Dependendo do ponto de vista, ter uma pessoa metódica no quadro de funcionários de qualquer empresa pode representar um ganho significativo no cumprimento das tarefas e na qualidade das mesmas.

Exemplos de pessoas metódicas

Como já pode ser visto até aqui, as pessoas metódicas podem ser vistas através de dois pontos distintos: com qualidades a serem evidenciadas ou cercada de críticas. Isso vai depender muito do ponto de vista e da situação onde está inserida.

Veja alguns exemplos práticos:

Vida doméstica

Conviver com uma pessoa metódica pode ser uma verdadeira prova de paciência, principalmente se a casa for compartilhada entre duas ou mais pessoas. A começar pelo fator organização, uma pessoa metódica segue lá a sua rotina específica.

Ela tem uma forma de arrumar o armário, varrer a casa, organizar seus pertences e por aí segue. Na cozinha, a pessoa metódica cozinha como se estivesse sempre seguindo uma receita, usando os mesmos ingredientes e quantidades.

Diversão

Para se divertir com uma pessoa metódica, é bom ter tudo planejado nos mínimos detalhes. Essas pessoas não gostam de passar por contratempos, situações embaraçosas ou que não estejam previstas. É como se a pessoa precisasse sempre estar no controle.

Para casos de viagens, uma pessoa metódica gosta de viajar com roupas na bagagem de forma a suprir todas as situações. Ela não gosta de ser surpreendida, principalmente por não ter conseguido pensar em tal possibilidade.

Quanto aos passeios, se tiver um roteiro a ser seguido tudo fluirá melhor. O mesmo vale para reservas em restaurantes e hotéis.

No trabalho

Trabalhar com uma pessoa metódica pode ser um aprendizado ou um teste de paciência. Esses extremos serão determinados pelas formas com que as pessoas envolvidas nessa relação vão enxergar as situações.

A mesa de uma pessoa metódica está sempre arrumada, assim como as pastas, papéis e demais materiais necessários para a realização do trabalho. No que diz respeito aos compromissos, o metódico segue uma verdadeira agenda, com definição de horários, tempos de permanência nas reuniões e daí por diante.

A vantagem de tudo isso pode ser percebida na concentração e forma com que as atividades são realizadas.

Qual a diferença entre metódico e Transtorno Obsessivo-Compulsivo

A julgar pelo foco na limpeza e organização, muita gente chega a confundir uma pessoa metódica com a que apresenta o Transtorno Obsessivo-Compulsivo, também conhecido por TOC. Porém, há muitas diferenças.

Se você leu esse artigo até esse ponto, certamente não tem mais nenhuma dúvida sobre o que vem a ser uma pessoa metódica, certo? Então, o passo seguinte é explicar um pouco sobre o TOC.

O que é TOC

O TOC é um transtorno mental caracterizado pela combinação entre obsessões e compulsões a respeito de coisas comuns do dia a dia. Essa condição também está vinculada a situações de ansiedade ou desconforto.

Na grande parte dos casos, é designado como TOC a obsessão das pessoas por higiene, simetria de objetos, perfeccionismo e manias e rituais adotados por pessoas no cotidiano. Essas características podem aparecer de forma imperceptível ou com mais gravidade.

O TOC pode se confundir com atitudes metódicas quando se compara certos pontos em isolado, como o método utilizado para manter o guarda-roupas arrumado, por exemplo, ou então a maneira com que se realiza determinadas ações.

Porém, como já deu para perceber, existem muitas diferenças entre os dois pontos, justamente pelo fato que o TOC precisa de tratamento já que interfere de forma não positiva na vida da pessoa, diferente da forma metódica de encarar certos casos.

Sinônimo de metódico

Para que não existam dúvidas sobre o significado ou maneira de utilização da palavra metódico, aí vão algumas palavras que possuem os mesmos significados. Elas são conhecidas como sinônimos. Veja:

  • Arranjado
  • Cuidadoso
  • Disciplinado
  • Detalhista
  • Diligente
  • Meticuloso
  • Moderado
  • Organizado
  • Pautado
  • Regrado
  • Regular
  • Sistemático
  • Sensato

Metódico: Sem nenhuma dúvida

Por tudo que foi levantado, discutido e exemplificado até aqui sobre uma pessoa metódica, agora você não tem mais como se confundir quando for usar a palavra, seja em algum texto ou diálogo.

A pesquisa deveria ser uma prática constante no dia-a-dia das pessoas, sobretudo quando se depara com palavras ou expressões que fogem do conhecimento. Isso ajuda a ampliar o vocabulário e ampliar o seu conhecimento sobre as coisas.

Significado de emoji

Se você é bem ligado no mundo virtual, certamente já deve ter ouvido falar e emoji, certo? Mas, você sabe qual o significado de emoji? Essa é uma pergunta que pode ser facilmente respondida por uns, mas que pode gerar dúvidas em outros.

Para acabar de vez com todas as dúvidas e apresentar, de fato, o significado de emoji, segue um artigo bem informativo sobre o assunto. Por aqui você também terá oportunidade de conhecer muitas outras coisas ligadas ao tema.

Além de fazer o maior sucesso entre as crianças, os emojis servem para expressar o estado de espírito e as reações dentro de uma conversa. Depois dessa breve apresentação, conheça mais sobre o tema a partir de agora!

O que são emojis

Para início de conversa, a palavra emoji tem origem japonesa. Ela é composta pela junção dos elementos “e” (imagem) e “moji” (letra), sendo assim, o real sentido da palavra quer definir uma imagem que transmitem a ideia de uma palavra.

Vários emojis
Em síntese, um emoji é uma imagem que expressa uma ideia (Foto: depositphotos)

Em muitos casos, dependendo da imagem, o sentido dessa palavra é amplificado para o de uma frase completa ou expressão. Essas imagens são tão completas que passam o entendimento real do que está em evidência na conversa.

Os primeiros emojis surgiram na década de 1990, no Japão. Eles foram criados por Shigetaka Kurita, um dos membros da NTT DoCoMo – conhecida como uma das principais empresas de telefonia móvel do Japão.

Os emojis começaram a ganhar popularidade com a ampliação do acesso a telefonia móvel e a difusão das redes sociais, a exemplo do Facebook, Twitter e WhatsApp. Hoje em dia os emojis são imprescindíveis em qualquer aplicativo de troca de mensagens.

Teclado emoji: o que é e como usar

Além de ter um local específico para ser encontrados nas redes sociais para troca de mensagem, os emojis podem ser inseridos nas conversas a partir de atalhos específicos no teclado físico.

Esses atalhos possibilitam que o emoji mais usado por determinada pessoa esteja bem mais acessível. Porém, é bom destacar que esses teclado virtual está disponível só em algumas versões do Windows.

Qual a diferença entre emoji e emoticons?

Certamente ao ouvir as palavras emojis e emoticons você ficou na dúvida de assunto em questão era o mesmo. Porém, ambos possuem conceitos bastante diferentes. Para aprender a diferença e saber quando usar cada um deles, fique de olho a seguir!

Como foi explicado amplamente nesse artigo, os emojis nada mais são do que representações gráficas prontas de emoções ou expressões usadas em uma conversa. Elas podem definir palavras, expressões ou até frases.

Os emoticon aparecem como explicação para a junção de duas palavras inglesas: emotion (emoção) e icon (ícone). Eles são identificados como por caracteres gráficos que podem ser usados para representar emoções humanas.

O primeiro emoticon foi criado no ano de 1982, com o intuito de representar um rosto feliz “:-)”. O responsável pela sua criação foi o norte-americano Scott Fahlman. Em suma, os emojis podem ser vistos como a evolução dos emoticons.

O significado dos emojis mais populares

A popularidade dos emojis é tão grande que eles são indispensáveis em qualquer aplicativo de envio de mensagens instantâneas. Nessa lista, o WhatsApp aparece como o mais usado.

Nas conversas, as imagens animadas ajudam na comunicação, inclusive sendo utilizada como substituto de frases inteiras. Além de deixar as conversas mais divertidas, acabam por torná-las mais dinâmicas.

Essa dinamicidade só é possível caso as pessoas em questão saibam os reais significados de cada emoji. Talvez essa questão do significado seja uma barreira para que muitos não entendam de fato as mensagens.

No caso do WhatsApp, o aplicativo possui o seu próprio design de emojis. Eles só se diferenciam dos que utilizam a plataforma iOS, já que ela faz uso dos emojis padrões da Apple.

Veja agora o significado oficial dos principais emojis:

Sorridente (Grinning Face)

Emoji sorridente
(Foto: depositphotos)

Este é um dos emojis mais conhecidos. Ele é representado por um rosto com uma grande boca sorridente. Esta figura é bastante usada para expressão alegria e felicidade nas conversas virtuais.

Chorando de Rir | LOL (Face With Tears of Joy)

Emoji chorando de rir
(Foto: depositphotos)

O emoji em questão significa que a pessoa está rindo muito, a posto de lacrimejar. Ele pode ser usado quando o assunto em questão parte para um lado bem engraçado.

Suando frio ou Trabalho pesado (Downcast Face With Sweat)

Emoji cansado
(Foto: depositphotos)

Este emoji é representado por uma cara triste com uma gota de suor escorrendo pela cabeça. Ele pode ser usado para indicar decepção, frustração ou preocupação. Em muitos casos, a figura representa o cansaço de uma pessoa.

Mandando um beijo carinhoso (Face Blowing a Kiss)

Emoji mandando beijo carinhoso
(Foto: depositphotos)

O emoji é representado pela imagem de um rosto piscando e com um coração próximo a boca. Ele costuma ser usado para enviar beijos carinhosos para a outra pessoa no decorrer ou final da conversa.

Silêncio | Rosto sem boca (Face Without Mouth)

Emoji sem boca
(Foto: depositphotos)

A figura consiste em um rosto sem a boca. Nas conversas ele pode ser usado como forma de expressão a falta de comentário em relação a determinado assunto. Ele também pode indicar que a pessoa ficou sem palavras diante uma afirmação.

Revirando os olhos (Face With Rolling Eyes)

Emoji com olhos virando
(Foto: depositphotos)

Esse emoji representa o sentimento de tédio, seja dentro de um contexto ou então para demonstrar qual o real estado da pessoa. Ele também indica desprezo ou desdém por assuntos que questão na conversa.

Chorando ou Lagrimando (Crying Face)

Emoji chorando
(Foto: depositphotos)

Este emoji demonstra chateação ou mágoa com relação a algo expresso por um dos participantes da conversa.

Careta (Grimacing Face)

Emoji nervoso
(Foto: depositphotos)

Este emoji é usado para representar situações que são desconfortáveis  para o interlocutor, nervosismo ou gozação. Tudo a depender do contexto da conversa. Ele é confundido com o emoji “Sorrindo” (Grinning Face), mas, como deu para ver, não há nada em comum.

Rosto Neutro (Neutral Face)

Emoji com expressão neutra
(Foto: depositphotos)

O emoji representa a ausência de qualquer tipo de emoção. Ele pode ser inserido em contextos onde o que é discutido não gere nenhum tipo de interesse.

Pensativo (Thinking Face)

Emoji pensativo
(Foto: depositphotos)

Este emoji é usado quando alguém quer mostrar que está pensando sobre algo. Ele também pode ser inserido em conversas para representar um questionamento de forma sarcástica.

Irritado e frustrado (Face With Steam From Nose)

Emoji irritado
(Foto: depositphotos)

Representado com uma espécie de fumaça saindo do nariz, esse emoji transmite a ideia de irritação. Ele é bastante utilizados nas conversas quando o interlocutor está ficando irritado com algum assunto.

Dormindo (Sleeping Face)

Emoji dormindo
(Foto: depositphotos)

O emoji significa que o interlocutor está com muito sono. Ele costuma ser usado para mostrar que a pessoa está com sono ou para mostrar o desinteresse e tédio em determinado assunto.

Olhos de coração (Smiling Face With Heart-Eyes)

Emoji apaixonado
(Foto: depositphotos)

Este é uma figura bastante utilizada nas conversas para demonstrar que o interlocutor está apaixonado. Esse sentimento pode ser aplicado a algo que foi dito na conversa ou alguém em específico. Ele também pode significar “eu te amo”.

Gritando (Face Screaming in Fear)

Emoji de carinha assustada
(Foto: depositphotos)

Normalmente este emoji é usado para expressar a ideia de medo, pavor ou surpresa em relação a algo.

Mão tremendo (Waving Hand)

Emoji de mão acenando
(Foto: depositphotos)

Este emoji é representado por uma mão com sinais que dão ideia de movimento. Ele costuma ser usado como cumprimento “olá” e também para se despedir “tchau”.

Indicador levantado (Index Pointing Up)

Emoji dedo indicador levantado
(Foto: depositphotos)

Este emoji costuma ser usado nas conversas quando o interlocutor tem uma pergunta a fazer ou então pede a palavra para tecer algum comentário. Em alguns casos, esse mesmo emoji pode ser usado para chamar atenção de uma mensagem na conversa.

Levantando as mãos (Raising Hands)

Emoji mãos para cima
(Foto: depositphotos)

As mãos levantadas para o ar expressas por esse emoji representa a celebração de algo, em muitos casos, um boa notícia ou para comemorar algo que depois de muito trabalho deu certo. Também pode ser usado para expressar a devoção por Deus “aleluia”.

Pessoa tapando a cara (Person Facepalming)

Emoji tapando rosto
(Imagem: Reprodução | Icon Archive)

Representando uma pessoa cobrindo o rosto com sua mão, esse emoji pode ser usado para expressar o sentimento de vergonha e frustração. Esse tipo de sentimento vale em relação ao comportamento de outra pessoa.

Erguendo a mão (Person Raising Hand)

Emoji erguendo a mão
(Imagem: Reprodução | Icon Archive)

Este emoji, que é descrito pela figura de uma pessoa com mão levantada, passa a ideia de perguntar algo, ou seja, pedir a palavra. Ele também pode ser usado para demonstrar o interesse em participar de algo questionado, por exemplo.

Emoji no Facebook, Twitter e WhatsApp

É importante deixar claro que, mesmo se tratando de emoji e redes sociais, nem sempre um emoji que está disponível em uma determinada rede social, aparece em outra. Como se eles fossem exclusivos mesmo.

Por isso é bom ficar atento quando houver a necessidade de copiar alguma mensagem entre diferentes redes sociais, pois os emojis podem não aparecer.

Existem casos também que os emoticons podem ser introduzidos em determinada rede social mediante o ato de copiar o caractere ou então digitar os mesmos caracteres segurando Alt + número equivalente.

Os emojis nas conversas

Se você tinha alguma dúvida em relação ao significado e uso dos emojis, certamente, após a leitura desse artigo, todas elas foram solucionadas. Porém, é bom ter em mente que, por mais boba que a sua dúvida possa parecer, nunca a deixe para trás.

Quanto a utilização dos emojis, você também viu que, dependendo da conversa, o mesmo pode apresentar significados diferentes, assim como a rede social em questão, também tem uma política diferenciada em relação aos emojis.

Postergar: o que é, significado e conceito

Você sabe qual o significado e conceito de postergar? Essa é uma dúvida bastante recorrente, sobretudo porque a palavra não é tão usada no dia a dia de algumas pessoas. Mas com a leitura desse artigo, você vai solucionar essa e muitas outras dúvidas.

Para quem tem hábito de ler livros, revistas e jornais, pode até ter se deparado com a palavra. Em alguns casos, a partir do contexto, já se descobre o significado dela. Mas, nem sempre é assim.

Outros casos exigem um pouco mais de pesquisa por parte da pessoa interessada em saber os detalhes do significado e conceito de postergar. Mas saiba que ele não vem a ser um bicho de sete cabeças. Basta ficar de olho nas explicações desse artigo.

O que é postergar?

Para que não reste mais nenhuma dúvida, postergar é um verbo classificado como transitivo que faz referência a uma ação de não fazer algo dentro de um prazo estabelecido.

Em outras palavras, postergar é esticar o prazo para que alguma ação seja concluída. Trata-se de uma palavra que vem do latim e também significa adiar, atrasar e deixar para trás.

Homem olhando para o relógio e correndo
Atrasar é um sinônimo para postegar (Foto: depositphotos)

Dependendo do contexto em que a palavra está sendo colocada, postergar também pode ser utilizada no sentido de negligenciar algo. Ou seja, deixar de cuidar ou de dar importância.

Em alguns casos a palavra postergar pode ser mais usada do que se pode imaginar. Isso vem a partir das atribuições que as pessoas têm no dia a dia que resulta no adiamento das tarefas, no caso, postergá-las.

Sinônimo de postergar

Como você já deve saber, o sinônimo de uma palavra está vinculado ao sentido igual ou parecido que ela pode vir a representar quando empregada em uma frase ou diálogo. Esse recurso pode ser usado como forma de facilitar o entendimento.

No caso da palavra postergar, ela pode ter vários sinônimos relacionados ao seu significado. A partir de agora, você terá oportunidade de conhecer alguns deles. Ah, mas é importante lembrar que a escolha de um deles pode fazer toda diferença em uma frase!

Os sinônimos de postergar são: Adiar, transferir, abandonar, abjurar, deixar, desamparar, descurar, desertar, desistir, desprezar, enjeitar, esquecer, largar, refugar, renegar, renunciar, repudiar e sacrificar.

Ainda estão relacionados a postergar as palavras afrontar, calcar, desatender, descontentamento, desdenhar, fugir, menoscabar, menosprezar, pisar, preterir, rejeitar, relegar, infringir, contravir, desobedecer, transgredir e violar.

Para quem ainda procura outras opções, também está relacionado a postergar as palavras depreciar, escarnecer, ludibriar, decorrer, passar, transcorrer, pospor, atrasar, delongar, atentar, desrespeitar, humilhar, desacatar, transpassar e descumprir.

Como usar ‘postergar’ em uma frase

Há quem prefira ver a palavra aplicada em uma frase. Isso acaba facilitando ainda mais o entendimento da mesma. Esse também é o caso de postergar.

Para tanto, acompanhe alguns exemplos em que a palavra postergar aparece aplicada em uma frase:

“Meu chefe sempre posterga o meu salário.”

“Hoje vou postergar a decisão de meu trabalho.”

“As pessoas que postergam em suas decisões não são bem vistas pelas sociedades.”

“A decisão de meus amigos foi unânime em deixar de postergar as decisões sobre a viagem.”

“Vou postergar minhas atitudes mediante meus amigos.”

Qual a diferença entre postergar ou procrastinar?

A relação entre duas palavras, sobretudo quando se leva em conta os seus significados, pode deixar as pessoas ainda mais confusas. Isso acontece com as palavras postergar e procrastinar.

Para começo de conversa, essas palavras são distintas. Ou seja, os seus significados são bem diferentes, por mais próximos que eles podem chegar.

Para que não reste nenhuma dúvida, a partir de agora, você terá oportunidade de conhecer o significado das duas e a relação que existe entre elas. Fique atento para que o erro de confundi-las não mais se repita!

Mulher lendo revista no trabalho
Procrastinar é adiar para ter mais tempo livre, enquanto que postegar é não fazer algo dentro de um prazo estabelecido (Foto: depositphotos)

Postergar

Postergar é o mesmo que atrasar ou adiar alguma ação que se tenha que executar. Isso independe por qualquer que seja o fator.

Desconsiderar, não atribuir importância, negligenciar e deixar para trás também estão vinculados ao significado de postergar.

Procrastinar

Essa palavra está relacionada a uma condição mental. Sendo assim, a pessoa que pratica essa ação, o procrastinador, deixa sempre para se fazer depois uma determinada tarefa.

Nesses casos, costuma não se atribuir importância no dado momento. A pessoa acaba se preocupando com outras ações ou coisas que aparentam ser mais importantes do que a primeira tarefa, ao menos no primeiro momento.

O simples ato de adiar para se ter mais tempo livre se relaciona com a palavra procrastinar.

Outros significados para a procrastinar estão relacionados a fatores fisiológicos, psicológicos e intelectuais. Deste modo, a palavra postergar se refere ao fato de preterir algo que, muitas das vezes no momento não é possível fazer.

Isso não significa que a tarefa ficará sem resolução, apenas que a pessoa vai dar preferência a realização de outra tarefa ao invés da primeira, seja por algum problema em específico ou por julgar que assim será melhor para o seu planejamento.

Aplicando postergar da forma correta

Chegando até o fim desse artigo, certamente não resta mais nenhuma dúvida em relação ao significado e conceito da palavra postergar. Agora, você tem plena convicção de como usá-la nas frases ou diálogos.

Caso ainda tenha restado alguma dúvida, não hesite em pesquisar um pouco mais sobre o assunto. Com isso, você sempre tem a ganhar, sobretudo por acumular mais conhecimento para o seu dia a dia.